segunda-feira, 13 de março de 2017

Bíblia-O que é a fera de sete cabeças de Apocalipse capítulo 13?

 A fera de sete cabeças de Apocalipse capítulo 13

A resposta da Bíblia

A fera de sete cabeças em Apocalipse (Revelação) 13:1 representa o sistema político mundial.
  • A fera tem autoridade, poder e um trono. Isso indica que ela é um sistema político. — Apocalipse 13:2.
  • Ela governa sobre “toda tribo, e povo, e língua, e nação”; assim, é maior do que o governo de um único país. — Apocalipse 13:7.
  • Ela possui características das quatro feras descritas na profecia em Daniel 7:2-8: aparência de um leopardo, pés de um urso, boca de um leão e dez chifres. As feras na profecia de Daniel são identificadas como reis específicos, ou reinos políticos, que sucessivamente controlaram impérios. (Daniel 7:17, 23) Portanto, a fera de Apocalipse capítulo 13 representa uma organização política coletiva.
  • A fera sai “do mar”. Isso significa que os governos humanos se originam da humanidade instável e desobediente a Deus. — Apocalipse 13:1; Isaías 17:12, 13.
  • A Bíblia diz que o número, ou nome, da fera — 666 — é um “número de homem”. (Apocalipse 13:17, 18) Essa expressão indica que a fera em Apocalipse capítulo 13 representa uma entidade humana, não espiritual ou demoníaca.
As nações não têm muito em comum, mas todas estão unidas em sua determinação de manter a própria autoridade em vez de se sujeitarem ao Reino de Deus. (Salmo 2:2) Na guerra do Armagedom, as nações também ficarão unidas em lutar contra o exército de Deus, comandado por Jesus Cristo. No entanto, todas elas serão destruídas. — Apocalipse 16:14, 16; 19:19, 20.

“Dez chifres e sete cabeças”

Na Bíblia, alguns números são usados de modo simbólico: por exemplo, dez e sete significam totalidade. A chave para entender o que representam os “dez chifres e sete cabeças” da fera de Apocalipse capítulo 13 é a “imagem da fera”, identificada mais tarde em Apocalipse. Essa segunda fera é cor de escarlate e tem sete cabeças e dez chifres. (Apocalipse 13:1, 14, 15; 17:3) A Bíblia diz que as sete cabeças dessa fera representam “sete reis”, ou governos. — Apocalipse 17:9, 10.
Do mesmo modo, as sete cabeças da fera de Apocalipse 13:1 representam sete governos: Egito, Assíria, Babilônia, Medo-Pérsia, Grécia, Roma e a potência Anglo-Americana — as principais potências políticas que dominaram ao longo da História e que lideraram a perseguição ao povo de Deus. Se os dez chifres (que geralmente simbolizam governos) representam todos os estados soberanos, pequenos e grandes, então o diadema, ou coroa (que muitas vezes é um símbolo de poder e autoridade), em cada chifre indica que outras nações governam ao mesmo tempo que a principal potência política da época.
fonte:JW.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário