sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Goleiro Bruno consegue habeas corpus e deve deixar prisão

Segundo informações da Rádio Itatiaia, defesa do atleta obteve a liberação no STFO goleiro Bruno Fernandes deve deixar a prisão em breve, de acordo com informações da Rádio Itatiaia. Anteriormente, ele havia sido condenado pela Justiça de Minas a 22 anos e três meses de prisão pela morte e ocultação do cadáver da modelo Eliza Samudio. 
Ainda segundo a rádio, a liberação de Bruno, que está detido na APAC (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado), foi concedida na noite desta quinta-feira (23) no Supremo Tribunal Federal.
Bruno ficou conhecido por defender as cores do Flamengo e do Atlético-MG. Em março de 2013, ele foi condenado a 17 anos e 6 meses em regime fechado por homicídio triplamente qualificado, e também a outros 3 anos e 3 meses em regime aberto por sequestro e cárcere privado. Além de mais 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver.O goleiro Bruno, preso desde 2010 pelo assassinato da ex-amante Eliza Samudio, se casou com a dentista Ingrid Calheiros, com quem namorava havia cerca de seis anos. As cerimônias religiosa e civil foram realizadas no último sábado (18), na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em Santa Luzia, Minas Gerais, onde o ex-jogador está detido desde setembro de 2015R7 Play: Assista aos programas da Record quando e onde quiser!O goleiro Bruno, preso desde 2010 pelo assassinato da ex-amante Eliza Samudio, se casou com a dentista Ingrid Calheiros, com quem namorava havia cerca de seis anos. As cerimônias religiosa e civil foram realizadas no último sábado (18), na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em Santa Luzia, Minas Gerais, onde o ex-jogador está detido desde setembro de 2015

Foto: Gazeta Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário