sábado, 14 de maio de 2016

O retorno de Bin Laden: filho de terrorista convoca combatentes a se unirem na luta contra o Ocidente

Jovem Hamza Bin Laden declarou que "a nação islâmica" deve se concentrar Guerra SíriaO nome Bin Laden continua causando arrepios em muitos norte-americanos que ainda se lembram claramente do dia em que o chefe da Al Qaeda comandou suas forças terroristas no ataque que destruiu as Torres Gêmeas de Nova York, em 11 de setembro de 2001. Mesmo com o líder morto, o filho do saudita, Hamza Bin Laden, parece estar se preparando para assumir o cargo do falecido paiO nome Bin Laden continua causando arrepios em muitos norte-americanos que ainda se lembram claramente do dia em que o chefe da Al Qaeda comandou suas forças terroristas no ataque que destruiu as Torres Gêmeas de Nova York, em 11 de setembro de 2001. 

Mesmo com o líder morto, o filho do saudita, Hamza Bin Laden, parece estar se preparando para assumir o cargo do falecido pai

Cinco anos após a morte de Osama, o jovem Hamza, de 23 anos de idade, divulgou uma mensagem suplicando aos "mujahideen" ("combatentes") de todo o mundo para se "unirem" na luta contra o Ocidente
Em uma mensagem de áudio, o jovem declara que "a nação islâmica deve se concentrar na jihad (guerra santa) na Síria (...) e unir-se às fileiras dos combatentes de lá. 


— Não há mais desculpa para aqueles que insistem em divisão e disputa agora que o mundo inteiro se mobilizou contra os muçulmanos
Esta não é a primeira vez que o filho de Bin Laden vira notícia no mundo inteiro. Em agosto do ano passado, Hamza fez um discurso bem ao estilo do pai, morto em 2011, no qual apelou aos extremistas da Al Qaeda para que eles ataquem Londres, Washington, Paris e Tel Aviv 
Sem medir as consequências, Hamza bin Laden diz aos combatentes para que eles transfiram a brutalidade de ações no Oriente Médio também para a Europa e América e, ainda no Oriente Médio, Israel
O apelo foi introduzido pelo atual chefe da organização, que perdeu espaço para o sanguinário Estado Islâmico, Ayman al-Zawahiri. A gravação em áudio foi revelada pelo site Intelligence Group. As fotos de Hamza são dos tempos da adolescência
Na mensagem em que exorta os militantes a lançarem ataques ao Ocidente, Hamza argumenta com a seguinte frase: "Este é o seu dever"

Fonte:R7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário