quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

'Ônus da prova é de quem acusa', afirma Dilma sobre Lava Jato

Indagada sobre Lula, disse: 'Me recuso a responder perguntas desse tipo'.
Para aliados, ex-presidente é alvo da operação, informou Blog do Camarotti.


A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (27), ao falar sobre a Operação Lava Jato, que o "ônus da prova é de quem acusa". Dilma participou de reunião da cúpula de chefes de Estado e de governo da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribe (Celac) no Equador.

Na nova fase da Lava Jato, o Ministério Público Federal (MPF) investiga a abertura de offshores (empresas no exterior) e a compra de apartamentos em Guarujá (SP) para lavar dinheiro do esquema de corrupção na Petrobras. Todos os imóveis do condomínio Solaris, na praia das Astúrias, estão sendo apurados. Familiares de João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, podem ter sido beneficiados em transações imobiliárias com a construtora OAS.
Ao conversar com jornalistas após a reunião, Dilma defendeu o direito à ampla defesa e disse que, “ao contrário do mundo medieval, o ônus da prova é de quem acusa".
Dilma foi questionada por jornalistas sobre se a nova fase da operação, intitulada Triplo X, se aproxima do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Segundo o jornal "O Globo", um dos apartamentos do condomínio, um triplex, estaria sendo reformado para a família de Lula pela OAS, acusada de envolvimento no esquema de corrupção.
“Eu me recuso a responder perguntas desse tipo, porque se levantam acusações, se levantam insinuações e não me dizem por que, como, quando, onde e a troco do que”, disse Dilma ao ser questionada sobre Lula.
"Se alguém falasse a respeito de qualquer um de nós aqui: 'a nova fase da Lava Jato levanta suspeita sobre você', e você não soubesse do que é a suspeita, como é a suspeita e da onde vem a suspeita, você não acharia extremamente incorreto?", questionou.
Segundo o Blog do Camarotti, aliados mais próximos de Lula avaliam que a nova fase da Lava Jato colocou o ex-presidente como alvo das investigações. Interlocutores do ex-presidente ouvidos pelo Blog relatam que o clima é de apreensão no Instituto Lula por causa do aprofundamento das investigações da Polícia Federal.
“Está claro que Lula virou alvo da investigação”, comentou um parlamentar da relação pessoal do ex-presidente ao Blog.
fonte:g1

Nenhum comentário:

Postar um comentário