quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

No RN, Riacho de Santana entra em colapso no abastecimento de água

Cerro Corá, por sua vez, saiu da lista dos municípios em colapso.
Além das cidades em colapso, 74 estão em sistema de rodízio.
Moradores de Pilões, no Oeste potiguar, recorrem a caixas comunitárias para conseguir água (Foto: Anderson Barbosa/G1)O município de Riacho de Santana, na região Oeste do Rio Grande do Norte, entrou em colapso no abastecimento de água. De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos (Caern), a inclusão da cidade se deu pela inviabilidade de captar água nos poços tipo amazonas que abasteciam a cidade. Segundo o gerente em exercício da regional da Caern de Pau dos Ferros, Anderson Araújo de Souza, a população está sendo atendida por carros pipa disponibilizados pela prefeitura. Como atualmente está chovendo na região, há a expectativa de que a situação de colapso dure pouco tempo.

O município de Cerro Corá, na região Seridó, saiu da situação de colapso no abastecimento de água. O município, que tem cerca de 11 mil habitantes, passa a ser abastecido pela Adutora Serra de Santana. Cerro Corá estava em colapso desde meados de dezembro do ano passado, quando o Açude Pinga, localizado na cidade, apresentou nível que inviabilizava a captação.
Apesar da nova condição, de acordo com a Caern, a população de Cerro Corá deve manter os hábitos de uso racional da água, visto que o fornecimento ainda vai ser feito em sistema de rodízio, com abastecimento por apenas um dia a cada semana.
fonte:G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário