segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Mortes em estradas federais crescem 14,8% no Ano Novo, diz polícia

Dados preliminares registraram 147 mortes no feriado.
Acidentes graves diminuíram 36%, com 267 casos.


A Polícia Rodoviária Federal  (PRF) registrou 147 mortes nas estradas federais durante o feriado de Ano Novo, entre os dias 28 de janeiro de 2015 e 3 de janeiro de 2016, segundo dados preliminares divulgados nesta segunda-feira (4). O número representa um crescimento de 14,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando 128 pessoas morreram em acidentes de trânsito.

De acordo com a PRF, os dados finais só serão divulgados após 30 dias, devido aos prazos legais para lançamento nos sistemas. Ainda segundo a polícia, os números consolidados podem ter uma variação de 2% a 5%.

O número de acidentes com vítimas também subiu no feriado de Ano Novo, com alta de 7%, passando de 1.166 na virada de 2014/2015, para 1.248 no feriado de virada do ano de 2015/2016.Carro onde adolescente estava como passageira ficou destruído (Foto: PM/Divulgação)significa crescimento de 5%. No caso dos acidentes graves, que resultam em ao menos 1 ferido grave ou morte, houve uma redução de 36%. Foram 415 acidentes graves na virada de 2014/2015, enquanto em 2015/2016, o número registrado foi de 267 acidentes graves.

Múltiplas mortes
De acordo com a PRF, foram registrados acidentes com múltiplas mortes nas estradas federais. No Ceará, 7 pessoas morreram em acidente envolvendo uma van e um veículo de passeio na BR 116 - 5 dos mortos estavam no carro e eram da mesma família. No Rio Grande do Sul, também na BR 116, uma colisão frontal entre dois veículos resultou em quatro óbitos e uma criança gravemente ferida.

fonte:Do G1, em São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário