sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Homem mata ex-mulher e foge com a filha de três anos em Fortaleza/CE

Câmaras de segurança registraram crime.
Uma mulher foi morta a tiros pelo ex-marido no Bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza. Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o caso, o homem invadiu a casa armado, a esposa tentou escapar, mas acabou sendo atingida por seis tiros. Ele fugiu levando a filha do casal de três anos. As câmeras de segurança de um estabelecimento registraram o momento em que o marido matou a mulher, no último domingo (24). (Veja no vídeo acima).

A mãe da vítima, Antônia Viana, mora ao lado do local e viu o crime. “Estava em casa quando ouvi gritaria e vi uma correria. Quando eu acabo de subir a escada que chego na área ouvi o papoco. O tiroteio. 'Oh meu Deus foi na minha filha'. Perdi minha filha tão nova”, disse.

De acordo com a Polícia Civil, o ex-companheiro da vítima cometeu o assassinato por não aceitar a separação. Ele entrou na casa com o pretexto de ver a filha.

Vítima era ameaçada

Antônia disse que o suspeito já havia tentado matar a filha três vezes, mas a mãe teria salvado todas as vezes. “Ele queria que minha filha voltasse para ele. E ela dizia que não queria. Ele tentou matar minha família enforcada três vezes na minha frente. Eu me meti no meio e consegui salvar", disse.

De acordo com o delegado da DHPP, Danilo Rafanelli, a menina foi localizada com a vó paterna no município de Itapajé, a 125 km de Fortaleza e passa bem. O trabalho da polícia agora é encontrar o suspeito, que continua foragido. “As diligências continuam e certamente no menor espaço de tempo possível deveremos estar localizando e tomando todas as providências legais contra o autor do crime”, afirmou Rafaneli.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 16 mulheres foram assassinadas no Ceará. Cinco delas em Fortaleza. No ano de 2015, 237 mulheres foram mortas no estado.

*Gioras Xerez/ G1 CE, com informações da TV Verdes Mares

Nenhum comentário:

Postar um comentário