sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Geração de emprego no RN tem índice negativo no mês de novembro

Crescimento de 0,10% no desemprego é menor do que a média nacional.
Corte de vagas na construção civil puxou aumento do desemprego no RN.
Cada curso terá duração de dois meses e disponibiliza quinze vagas (Foto: Bruno Corrá)O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registrou um crescimento negativo da geração de empregos no Rio Grande do Norte durante o mês de novembro. De acordo com os dados apresentados pela síntese do comportamento do mercado de trabalho formal, divulgada pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) nesta sexta-feira (18), o desemprego no estado cresceu 0,10% em relação ao mês anterior, o que equivale a redução de 435 vagas de emprego no estado.

Segundo os dados apontados pelo levantamento, o aumento do desemprego foi puxado pelo desempenho negativo nos setores da construção civil, que fechou 618 vagas, e de serviços, que reduziu 488 postos de trabalho.

O resultado só não foi mais negativo em razão das vagas de emprego geradas pelos setores do comércio, onde 634 vagas foram criadas, e na agropecuária, que gerou 246 novos empregos.
De acordo com o balanço geral da Caged, nos primeiros 11 meses de 2015 foi registrada uma redução de 8.484 vagas de emprego no RN, o que representa uma retração de 1,85%. Nos últimos 12 meses, a retração é de 2,50%, o equivalente a uma redução de 11.512 vagas de emprego no estado.
Apesar da diminuição de vagas de trabalho formal, o resultado do Rio Grande do Norte é melhor do que a média nacional, que registrou um crescimento do desemprego de 0,32% em relação a outubro. Ao todo, de acordo com os dados da Caged, 130.629 vagas de trabalho foram perdidas no mês.

fonte:g1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário