quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Comerciante é morto a tiro; família e PM dão versões diferentes do crime

Homem foi morto na noite desta terça (29) no bairro de Pajuçara, em Natal.
Ele levou tiro no peito. PM diz que foi assalto, família diz que foi bala perdida.

Do G1 RN
 Ricardo Alexandre de Castro foi morto na noite desta terça-feira (29) (Foto: Reprodução/Facebook)
Um comerciante de 38 anos foi morto a tiro no bairro de Pajuçara, Zona Norte de Natal, na noite desta terça-feira (29). Há duas versões para o crime, uma da Polícia Militar e uma do irmão da vítima. "Estávamos todos em casa. Ele foi na varanda pegar uma toalha e foi atingido por um tiro que veio da rua", disse o irmão de Ricardo Alexandre de Castro.
Ítalo Rodrigo da Silva, irmão da vítima, relatou que Ricardo estava na varanda de casa no conjunto Brasil Novo quando policiais e criminosos passaram pela rua em uma perseguição com troca de tiros.
"Eu estava em casa com ele. A esposa, as duas filhas dele e o nosso pai também. A gente tinha acabado de jantar. Ricardo foi na varanda pegar uma toalha para a filha quando foi atingido por um tiro que veio da rua, da perseguição da PM com criminosos. A troca de tiros acabou com meu irmão baleado no peito", disse.
A versão da Polícia Militar é de que a vítima estava dentro do carro, na rua, quando dois homens em uma moto anunciaram um assalto. Ainda segundo a PM, ele foi baleado pela dupla.
O comerciante Ricardo Alexandre morava em cima do próprio mercado na rua Açude Poço Branco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário