sábado, 7 de novembro de 2015

Com ciúmes, estudante mata novo namorado de ex-mulher no MT

Antônio Gabriel de Paula Pereira tem passagens pela polícia e não foi preso desde o crimeUm estudante matou a tiros o cabeleireiro Maurício Medeiros de Souza, de 30 anos, por
ciúmes, no último dia 30 de outubro, na cidade de Rondonópolis, em Mato Grosso. O suspeito, Antônio Gabriel de Paula Pereiram se apresentou à delegacia da cidade, mas não
foi presoUm estudante matou a tiros o cabeleireiro Maurício Medeiros de Souza, de 30 anos, por ciúmes, no último dia 30 de outubro, na cidade de Rondonópolis, em Mato Grosso. O suspeito, Antônio Gabriel de Paula Pereiram se apresentou à delegacia da cidade, mas não foi preso


O cabeleireiro foi casado durante cinco anos com Isabela (foto), de 23 anos. Eles estavam separados há cinco meses porque Souza havia se envolvido com Cleidiane Dias, ex-mulher de Antônio Gabriel de Paula Pereira.

— Eu descobri que estava tendo um relacionamento com essa menina e resolvi por um ponto final na relação. Ele queria ficar, mas eu não aceitei

Dois dias antes do crime, o cabeleireiro (foto) foi a casa da ex-companheira para conversar e brincar com a filha de um ano e cinco meses. De acordo com a mãe da menina, Souza era um bom pai

Na sexta-feira, em uma rotatória da cidade mato-grossense, dois carros seguiam na mesma direção, quando a caminhonete dirigida pelo suspeito (foto) fechou o carro do cabeleireiro. Ambos desceram do veículo e iniciaram uma discussão

O estudante sacou a arma de dentro do carro e atirou contra a vítima (foto), que foi encaminhada para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Segundo a ex-mulher do cabeleireiro, a filha do casal sente falta do pai.

— Alguém buzina no portão, a minha filha sai falando "papai"
De acordo com a delegada responsável pelo caso, o estudante já responde processo por agressão a ex-companheira (foto) e também teria agredido outros homens que se relacionaram com suas ex-mulheres. Pereira se apresentou à delegacia com dois advogados e sua prisão preventiva deve sair no prazo de 30 dias

O estudante postou em sua rede social que estava arrependido de ter assassinado Souza

Fonte:R7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário