quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Família recebe mensagens ameaçadoras após sumiço de jovem

Suposto sequestrador revelou via torpedo que "já tirou uma vida"

 Estér Bueno, de 18 anos,
desapareceu no dia 16 de fevereiro em Mogi das Cruzes, na região metropolitana
de São Paulo. Após tentar contato com a garota por telefone, a família começou
a receber mensagens ameaçadoras por celular. O paradeiro ainda não foi
descoberto e a família está aflita Estér Bueno, de 18 anos, desapareceu no dia 16 de fevereiro em Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo. Após tentar contato com a garota por telefone, a família começou a receber mensagens ameaçadoras por celular. O paradeiro ainda não foi descoberto e a família está aflita Estér trabalha com divulgação aos
finais de semana. Ela dormiu na casa da irmã, Sabrina, na madrugada do dia 16 e
foi a última vez em que foi vista. Segundo a irmã, ela estava animada e feliz A irmã mais velha, Rosângela,
tentou contato na segunda-feira (15), dia seguinte ao desaparecimento, mas o
celular caía direto na caixa postalEstér trabalha com divulgação aos finais de semana. Ela dormiu na casa da irmã, Sabrina, na madrugada do dia 16 e foi a última vez em que foi vista. Segundo a irmã, ela estava animada e feliz
A irmã mais velha, Rosângela, tentou contato na segunda-feira (15), dia seguinte ao desaparecimento, mas o celular caía direto na caixa postal 
Rosângela continuou ligando, até que conseguiu sinal
Ela não conseguiu falar com a irmã, mas começou a receber mensagens dos suposto responsável pelo sumiço da garota 
As autoridades e a família acreditam que se trata de um homem por ter respondido às mensagens no masculino
A irmã questionou porque a pessoa havia sequestrado Estér 
O sequestrador xingou a vítima e afirmou que ela não quis ficar com ele mas que agora ficará à força e a família não poderá fazer nada 
Segundo ele, Estér pediu ajuda e disse que estava presa, mas não sabia onde. Ela também disse que não podia falar muito. A polícia já pediu a quebra do sigilo telefônico 


r7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário